Todo mundo pode

Posts Tagged ‘mac

Amores, como vocês sabem, sou uma mãe/esposa/profissional bem atarefada, e me manter com um mínimo de dignidade estética é uma tarefa bem difícil, porque quando a correria é grande, me arrumar tende a cair váááários degraus na minha lista de prioridades. No entanto, a necessidade de não andar por aí parecendo uma refugiada da guerra me fez adquirir alguns macetes para continuar parecendo um ser humano arrumadinho e, por que não?, bonitinho. As dicas valem para você que corre contra o relógio e não tem tempo para maratonas de beleza, mas não quer se descuidar. Vamos às dicas?

  • Resolva a maior parte dos rituais de beleza no banheiro – principalmente no banho. Deixe lá o sabonete facial, troque o hidratante corporal por óleo de amêndoas (ou o de sua preferência), use bons produtos para o cabelo. E depilação com cera é para que tem tempo, amadas. Apele para o giletão que é prático, rápido e econômico!  Com tudo isso, você já sai do banho “semi pronta”, com meio caminho andado;
  • Invista em produtos mil em um – sabonete que dispensa o uso de hidratante, base em pó, BB Cream… produtos assim facilitam a vida e diminuem o número de coisas a usar, ou seja, você ganha tempo. E vale investir nos de boa/ótima qualidade, porque é resultado garantido e você não passa o resto do dia frustrada e se achando uó;
  • Tecidos que não amassam são amigos – poliéster, nylon, acrílico, acetado, viscose e tecidos sintéticos em geral não amassam, o que poupa o tempo de passar roupa e ainda garante um look arrumadinho o dia todo, sem parecer que você guardou a camisa em uma garrafa =P E mantenha o guarda-roupa arrumado, ajuda a visualizar o que você tem e escolher o que vestir. Uma boa dica também é já separar o que vai vestir na noite anterior;
  • Capriche na necessaire – quem passa o dia fora de casa tem que estar preparada para qualquer situação, então nada como ter tudo à mão, mesmo que isso deixe sua bolsa um pouco mais pesada. Produtos de higiene facial em miniatura, cotonete, lenços umedecidos, álcool gel, toalhinha, escova de cabelo, grampos, escova e pasta de dentes, além do básico do make, ajudam a manter a dignidade ao longo do dia – ou resgatá-la quando necessário;
  • Acerte na maquiagem – base em pó, corretivo, rímel, blush e batom fazem milagres por uma mulher. E tudo pode ser aplicado em menos de cinco minutos, e até no carro ou no ônibus (onde me maquio todas as manhãs). Dá até para incluir um item extra par dar um glamourzinho – tenho usado sombra neutra, mas pode ser delineador, lápis de olho, iluminador, vai do gosto da freguesa. E não invente moda: faça o que sabe fazer direito, testes com make não devem ser feitos na correria! Melhor não usar delineador do que chegar no trabalho com o olho todo borrado.

E aí, gostaram das dicas? Querem outro post com mais? Mandem ver nos comentários!

UPDAAAAAAAAATE

Algumas sugestões de produtos para facilitar a vida, amores:

1. Base em pó Studio Fix, da MAC (R$ 123,00 na Sack’s e a partir de U$ 17,99 no Ebay) – dependendo da situação das suas olheiras/espinhas e afins, basta a Studio para ficar com a pele pronta. A embalagem é super prática, e a esponjinha é boa e ajuda na aplicação “corrida” e o espelhinho quebra altos galhos!

2. Clean & Clear mini kit de cuidados (R$ 21,99 no She’s) – existem vários kits, com sabonete líquido, tônico e um terceiro item que varia de acordo com a necessidade do freguês – secativo, hidratante… ótimo para andar na bolsa, e os produtos são bem bons.

3. Dove Cream Shower (menos de R$ 9 nos supermercados) – sabonete líquido que hidrata super bem, dá até para pular o óleo nos dias de super super pressa!

4. Base em bastão da Avon (R$ 14, mas vive em promoção) – ela pode ser considerada um “Studio Fix para pobres”, porque também resolve tudo sozinha. Deixa a pele aveludada, e só precisa de um pozinho se sua pele for muuuuuuuito oleosa. Dá para aplicar com a mão e a cobertura é super digna.

5. Óleo corporal So Sexy, da Yes (não sei o preço =P) – Ele hidrata super bem sem ser melequento e ainda é mega cheiroso. Dá até para pular o perfume!

Anúncios

 

Batom vermelho é uma coisa linda de Deus. Combina com qualquer mulher, de qualquer idade, é chique, clássico e dá um ar de riqueza. Por isso fiquei felizona quando ganhei esse batom-caneta da Sabrina Sato para Yes! Cosmetics (que custa R$ 19), na cor Classic Red. Eu tinha ouvido falar que era a versão nacional do Ruby Woo, da MAC, mas comparei os dois e não, não é. Mas é uma boa opção para desfilar com a boca rubra em qualquer hora do dia, porque a cor dele é mais fechada, discreta. Já usei até para trabalhar, sem dramas.

Classic Red à esquerda e Ruby Woo à direita. Parece que o Classic é mais claro, mas juro que não é!

Além disso, enquanto o Ruby Woo é meeeeeeeeega seco, ele é mais cremoso e fácil de aplicar, embora o efeito seja mate. A fixação é bem boa (sai depois do almoço, mas aguenta bem pequenos lanches). Achei massa!

Classic Red nos beiços!

 

O bendito Studio Fix, da MAC

Se tem um item de maquiagem que parece ser unânime na blogosfera é o tal do Studio Fix, a base em pó da MAC. Pode dar um Google aí, que o que mais você vai encontrar são posts de meninas se derretendo de amor por ele. Logicamente tanta paixão me deixou louca de curiosidade, e não sosseguei até conseguir um! Sabendo disso, meu lindo e amado marido me deu um de presente =D

Quer dizer, deixa eu contar a história. Ele encomendou com a Andreza, de Campina Grande, na Paraíba, e ia me dar no meu aniversário. Chegou meu niver, e meu marido me contou todo triste que encomendou o Studio, mas que não havia chegado. Só que aí a encomenda demorou muito, um mês – poxa, PB e PE são colados, e Campina fica a umas três horas e meia de distância do Recife. Como eu já tinha dito que pela demora era melhor desistir da encomenda, aí o Studio Fix, que custaria R$ 120 (ouch!) saiu de graça =)

Espelhinho bom =)

O Studio Fix virou agora meu amigo de batente. Ando com ele na bolsa, porque como não tenho tempo de me maquiar antes de sair de casa, então o aplico no busu ou quando chego ao trabalho. Dá pra deixá-lo na bolsa sem stress, porque a embalagem é bem resistente e aguenta o tranco. Fora o espelhinho ótimo, quebra um galhão na hora de usar a base no busu. A esponjinha de aplicar é gordinha e ajuda bastante a passar o produto.

Minha cor, a NC30

A base em si é realmente muito boa, a cobertura é potente sem rebocar, e, por ser pó, segura melhor a oleosidade. Não sei o porquê, mas acho que ele cobre melhor as imperfeições sem corretivo por baixo =P A cor é a NC30, que eu acho que ficou um microtantinho de nada mais escura do que o tom da minha pele – o que não achei ruim, porque ajuda a disfarçar, mesmo que muito pouco, minha excessiva palidez. No entanto, acho que a NC20 deve ficar mais exatinha.

Não tirei fotos de como fica em mim porque ando numa crise de autoestima danada, aí ando evitando fazer exposição da minha figura =P Ah, perdoem o excesso de diminutivos, é coisa de mãe de criança pequena =)

Gente, preciso começar dizendo que odeio batom marrom. Acho que me deixa amarela, sei lá. Mas o Hug me da MAC, um cor-de-boca-amarronzado, me fez mudar de ideia. A cor é tão fofinha e natural que o batom virou um dos que mais uso para trabalhar. Ele é lindinho e discreto, dá um colorido aos lábios sem parecer que você está pintada demais, sabe? E ele tem uma textura bem cremosa, que fica entre o batom e o gloss. O único porém é a fixação, que é fraquinha pra caramba. Mas nada que um retoque não resolva, não é mesmo?

Olha ele ai!

Amostrinha no pulso

Como ele fica na boca (foto com flash)

Como fica na boca (foto sem flash - o bigode é mancha de gravidez, tá? =P)

 

 

P.S.: Antes que alguém me pergunte cadê a cobertura do Moda Recife, peço desculpas. Não consegui ver muita coisa, principalmente na sexta-feira, porque fui com Alice, e ela não estava no melhor dos humores, aí já viu, né? E já esqueci a ordem dos desfiles, aí não sei o nome das marcas que gostei =P Fail total! Mas foi bom, muitas peças legais e Isabela Fiorentino é linda (apesar de um amigo meu que a conheceu ter dito que ela é chata). Ano que vem prometo ir sozinha, prestar atenção e anotar tudo!

E aí, gente bonita! Quem me segue no Twitter deve saber que por esses dias pedi a uma amiga umas encomendas de beauté de Nova York. Sabe como é, voltei a trabalhar, estou cansadona… achei que estava merecendo um mimo!

Entre os mimos, pedi o famoso batom Ruby Woo, da MAC. Afinal, a Dita Von Teese usa e é tudo aquilo de linda, aí meu coraçãozinho bobo se ilude e acha vou ficar daquele jeito usando os mesmos produtos =P Sou a alegria dos publicitários, né?

Olhai o bonito!

Amostrinha no braço, que não pegou bem porque ô bichinho seco, viu?

Enfim, vamos ao que interessa: ele é um vermelho bem aberto, lindão pra caramba. E é beeeeem matte! Tem que ter cuidado quando passá-lo, porque se borrar, ferrou. O borrão só sai direito depois de 10 pais-nossos e 20 ave-marias!

Com o Ruby Woo nos beiços... perdoem a cara de burra cansada, eu tinha acabado de chegar do trabalho!

E a fixação dele é realmente muito boa, dá até para comer e beber sem perder a dignidade. Maaaaaaaas o teste em que eu mais queria que ele passasse, foi reprovado: o do beijo. Queria um batom que não deixasse meu marido parecendo o Bozo depois que eu o beijasse, mas com o Ruby Woo infelizmente não consegui essa proeza.

O preço foi uns U$ 16, o que dá menos de R$ 30, preço de muito batom da Natura, por exemplo. Não é barato, mas não leva ninguém à falência e é um bom investimento.. Agora se você estiver realmente sem grana ou não conhecer ninguém que possa trazer o Ruby Woo para você de fora do país (porque por aqui é uns R$ 70, aí ninguém merece), a Nayara indica um substituto da Avon que custa R$ 4. Ou seja, de bolso vazio ou cheio, dá para arrasar no bocão vermelho por aí!

 

P.S.: Vou contar como foi o Moda Recife em um post só, ok? Aguardem!


Todo mundo pode!

Um blog para mostrar que moda, beleza e feminices estão ao alcance de todas. Por Roberta Meireles

Twitter