Todo mundo pode

Posts Tagged ‘bolsa

Engordar 25 kg e aprender a lidar com um corpo novo não é fácil. E mais difícil ainda é aprender a vestir esse corpo novo. Tudo o que funcionava em você antes passa a não funcionar mais, é um saco! Mas como meus quilinhos a mais são o que tem pra hoje, vou vivendo e aprendendo com eles. Aí, amores, para ver se estou no caminho certo, resolvi pedir ajuda a vocês, queridas/os leitoras/es!

Por isso, hoje inicio uma nova seção no blog: a “E aí, prestou?”. Pergunto isso todos os dias para o meu marido, que além de ser o máximo dá ótimos pitacos na minha roupa. Mas como vocês também têm lugar no meu coraçãozinho, resolvi compartilhar esse aprendizado e também absorver o que vocês têm para me ensinar! Dada essa enorme introdução (uy!), vamos ao meu look?

Fazendo a mocinha comportada no trabalho! Foto borradinha by iPhone de Vanessa

Fui trabalhar assim ontem (essa sou eu antes de ir para casa, perdoem a cara de burra cansada!). A camisa é da Make (loja puro amor que fica na esquina da Rua do Hospício com a Av. Conde da Boa Vista, foi R$ 35!), a saia plissada é vintage (herança da minha sogra =D), a sapatilha é Moleca, a bolsa é uma Alexa inspired comprada perto do Mercado de São José (foi R$ 35, dica de Adélia do Totalmente Diva, que conta tudo aqui). Os brincos são Club da Miçanga (R$ 15 no ÔBazar, pena que não dá pra ver direito, são lindos!) e o batom é o Coral da Yes!Cosmetics, o Morange nacional segundo Marina do 2Beauty.

E aí, amores? Prestou? Deem sua opinião =*

Anúncios

It bag em supermercado, será possível? Pois é, menines. Encontrei essa semana no Hiper Bompreço (o de Olinda) algumas baby bags Chanel 2.55 inspired (ou Xanéu 2.66, como diria Camila):

Pois até que são bem feitinhas, viu? E achei as cores fofas. Nunca tinha visto versão piratex barata dessa bolsa aqui por Recife, estou tentada a comprar…

Olá, menines (fica para os dois gêneros, já que vi mocinhos leem, eba!)! Hoje estou postando em ritmo de happy birthday, já que estou completando 24 aninhos 🙂 Para comemorar, nada como fazer uma coisa que adoro: customização. Ganhei uma bolsa (usada, só de herança, mesmo) da minha sogra. Roxa, grande, de camurça, com um forro incrível (é da Paola Bartole, quem conhecer fala mais aí pra mim!).

A bolsa por dentro: luxo! O ganchinho para chaves é ótimo!

Só que um detalhe me incomodava bastante: as franjas. Sei que foi sensação no inverno passado, e deve ser nesse, mas não curto muito essa vibe “meu vaqueiro, meu peão” 😛

Olha ela aí, franjada. Segura, peão!

Aí tive a ideia de tirar as franjas (como as tiram so estavam presas por nós) e fazer um arremate mais bonitinho, com laço. Fiz assim, ó:

Primeiro tirei as tiras, que só estavam presas por nós. Sobrou esse mói de tiras aí 😛

Catei quatro tirinhas. Passei cada uma delas pelos furinhos que ficaram, só até a metade da bolsa, nas duas laterais.

Só de um lado fica assim. Aí é só fazer o outro...

... e fica assim. Aí é só dar um lacinho e pronto!

Para arrematar as pontas soltas, é só dar um pontinho com linha e agulha (colaboração da minha mãe <3)

De folk à romântica! Eu prefiro assim, e vocês?

Como sou agoniada e já vou inaugurar a bolsa hoje, amanhã posto um look usando minha gigante roxa, ok? E beijos que vou curtir meu niver :****


Todo mundo pode!

Um blog para mostrar que moda, beleza e feminices estão ao alcance de todas. Por Roberta Meireles

Twitter