Todo mundo pode

Beleza e gravidez

Posted on: maio 3, 2010

Olá, menines! Vim compartilhar com vocês um dilema pelo qual estou passando por estes meses: grávida fica mais bonita? Ou embaranga? Em plenos sete meses de gestação, todo dia minha opinião muda sobre o assunto. Meu marido (fofo de morrer que eu amo) e as pessoas amigas dizem que estou mais bonita, mas não sabem apontar a mudança (fora o óbvio barrigão, claro). Deve ser mais por esse poder de dar origem a uma nova vida, essa “aura de encantamento e graça” que a maternidade carrega.

Porque no corpinho as mudanças não são nada bonitas, benhês. Sempre fui bochechuda, mas agora estou com uma mega cara de bolacha Maria, além de uma pequena papada. Ganhei também pés inchados, dores nas costas e um nada gracioso andar de pata choca. Não engordei taaaanto, tipo uns 13kg, mas parece que boa parte dessa nova massa corpórea não pertence à minha doce filhinha, e sim aos meus quadris, que aumentaram 15cm. Eu, que já era popozuda, ganhei uma companhia indesejada: as estrias.

Pelo que venho passando, comecei a achar que nessas horas a genética é mais forte que os cuidados: usava o Mater Skin, esfoliava a pele, tomava uma água empurrada e mesmo assim as malditas listrinhas apareceram aos montes na minha bunda. E minha mãe também as teve na gravidez. Aí sabe o que estou fazendo? Relaxando e deixando para resolver isso quando Alice nascer  – até porque não poderia fazer tratamento nenhum agora, mesmo.

Outra “belezura” que me apareceu foram as melasmas, aka manchas marrons uó no rosto. Já sou predisposta a manchas na pele (tenho sardas), mas meu nariz está virando o do Cartola e meu buço o da Morango. E olha que só saio de casa com protetor solar desde os 16 anos! Mas não teve jeito.

De tudo isso, a lição que fica é: não adianta brigar contra a genética. Não estou dizendo para ninguém deixar de se cuidar na gravidez, hein? Mas não custa reparar na sua mãe para ver se, apesar dos cuidados, alguns desses males podem a acometer. E isso vale não só para gravidez, mas para tudo que pode surgir no seu corpinho: acne, celulite, gordurinhas e por aí vai. Cuide-se sempre, mas com consciência das suas limitações naturais. Não deixo de passar hidratante e protetor solar FPS 30, faço hidroterapia, mas sem noias. Não me deixei de lado, mas a prioridade agora é o bem estar da minha filha, e não minha aparência, né?

Apesar de tudo isso, há as vantagens! É a única fase da sua vida em que, quanto maior a sua barriga, mais todo mundo elogia! O cabelo fica mais bonito e brilhante por causa dos hormônios, é ótimo! Mas a novidade que mais estou gostando (e meu marido também, não vou mentir) são os peitões. Fica tuuuuuudo de bom!!! Dá até uma vibe meio sexy mamma, hauhauhauha… infelizmente eles não vão durar para sempre, mas estou amando ter mais recheio no decote por uns tempos. E  vou curtindo a gravidez, que é uma delícia! A sensação de sou-a-poderosa não tem preço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Todo mundo pode!

Um blog para mostrar que moda, beleza e feminices estão ao alcance de todas. Por Roberta Meireles

Twitter

%d blogueiros gostam disto: